ÚLTIMAS AÇÕES
recent

Manifesto em defesa do patrimônio histórico e cultural de Santa Maria é entregue aos vereadores


Manifesto em defesa do patrimônio histórico e cultural de Santa Maria  é entregue aos vereadores

No final da tarde de quinta-feira (02), na Sala da Presidência, os vereadores receberam integrantes do Coletivo em Defesa do Patrimônio Histórico e Cultural de Santa Maria. O jornalista Marcelo Canellas, o presidente do Conselho Municipal de Políticas Culturais, Orlando Fonseca, e a arquiteta Márcia Kummel, defenderam uma maior discussão sobre o Plano Diretor da cidade e a criação de legislações municipais que preservem o patrimônio histórico e cultural santa-mariense.

Conforme os membros do coletivo, Santa Maria possui o maior acervo arquitetônico de Art Déco, em via contínua, da América Latina e que esse patrimônio precisa ser preservado. “A gente entende que o Plano Diretor aprovado traz uma ameaça à Art Déco. A gente acha que essa discussão precisa ser aprofundada”, enfatizou Canellas. Já o relator da comissão que analisou o tema no Poder Legislativo, Admar Pozzobom, afirmou que o projeto de lei foi amplamente debatido com a sociedade, por meio reuniões nos bairros, reuniões preparatórias, audiência pública e reuniões técnicas. “Fizemos um trabalho muito sério e transparente”.

O Coletivo entregou um documento de duas páginas em que defendem cinco eixos:
  1. Todo apoio ao Conselho Municipal do Patrimônio Histórico e Cultural (Comphic);
  2. Defesa da lista provisória de 135 imóveis tombados em Santa Maria;
  3. Realização de um inventário técnico sobre o valor histórico-arquitetônico dos imóveis antigos da cidade com a possibilidade de ampliação da lista;
  4. Realização de uma discussão ampla e democrática de uma nova lei municipal de proteção patrimônio histórico, arquitetônico e cultural do município;
  5. Criação de mecanismos de venda de potencial construtivo para que os proprietários sejam amparados pela Prefeitura e tenham recursos para restaurar seus imóveis.
*Confira abaixo o documento “Manifesto em defesa de um tesouro arquitetônico ameaçado” na íntegra.

Formação de comissão especial

O vereador Manoel Badke (Maneco) informou que foi protocolado, no dia 11 de julho, requerimento para constituição de comissão especial para acompanhar a criação da legislação específica que tratará das diretrizes para a preservação das construções com valores históricos do município. Segundo Maneco, a proposição da comissão deve-se ao fato de ter havido concordância da maioria dos vereadores na votação de emenda de destaque do Plano Diretor, mas que essa não poderia ser aprovada enquanto não tivesse uma legislação que tratasse exclusivamente da matéria. A formação da comissão deverá acontecer na próxima sessão plenária, dia 7 de agosto.

Texto: Mateus Azevedo e Camila Porto Nascimento

Link do manifesto>>> http://ow.ly/GUbH30li5ZL



Foto: Camila Porto Nascimento
Tecnologia do Blogger.