ÚLTIMAS AÇÕES
recent

Títulos de benemerência e de Vereador Emérito entregues em Sessão Solene




Na noite desta terça-feira (08), o Legislativo realizou a Sessão Solene de entrega dos títulos de Cidadão Benemérito, Honra ao Mérito, Cidadão Santa-Mariense e distinção de Vereador Emérito a personalidades de destaque no município. Vitor Moreira (Cidadão Santa-mariense); Waldir Veiga Pereira (Cidadão Benemérito); Vinicius Montardo Rosado (in memoriam/ Honra ao Mérito) e Valdeci Oliveira (Vereador Emérito) foram os agraciados na solenidade. Compuseram a mesa de autoridades o presidente da Câmara de Vereadores, Alexandre Vargas; o vice-prefeito Sergio Cechin e Mosar da Costa, autor da lei que criou a distinção de Vereador Emérito.

O vereador Daniel Diniz apresentou Vitor Moreira, agraciado com o título Cidadão Santa-mariense, registrando os fatos da trajetória pessoal e profissional do homenageado. Vitor, natural de Cachoeira do Sul, precisou se reinventar após enfrentar problemas com visão.  O homenageado, após prestar serviço militar e trabalhar em emissora de rádio, passou a investir na área de construção civil por meio de fundação de uma empresa familiar. “Vitor é movido pela garra e determinação. Para ele, não existe oito ou oitenta. Em tudo que se propõe a fazer, busca o sucesso”, comentou.  Enfatizou que a grandiosidade do homenageado o qual, recentemente, recuperou Escola Santa Cecília que havia encerrado atividades por falta de recursos. O vereador destacou que o agraciado buscou colaboradores e transformou a antiga Escola Santa Cecília na Casa de Apoio Dona Odete.  Diniz encerrou discurso, exibindo vídeo em homenagem a Vitor Moreira, com narração de Vicente Paulo Bisogno.

Vitor Moreira afirmou que sua história começou em Santa Maria em 10 de janeiro de 1972, quando decidiu sair de Cachoeira do Sul e iniciar a carreira militar. “Eu fui interrompido pela condição do glaucoma que me afastou da carreira militar e do rádio”, comentou. Destacou a gratidão a tudo que tem a cidade de Santa Maria. “Tenho maior orgulho e maior satisfação porque Santa Maria me acolheu. Me deu todas as oportunidades que um cidadão precisa”, destacou.
Waldir Veiga Pereira homenageado com o título de Cidadão Benemérito foi apresentado pelo vereador Jorge Trindade. Destacou a honra em falar do médico Waldir, natural de Arroio Grande, que é uma sumidade na ciência e especialista em transplante de medula óssea. Participou ativamente de elaboração de protocolos para tratamento de leucemias em crianças e adolescentes. Além disso, o agraciado é coordenador da Turma do Ique (Centro de Atendimento à Criança e ao Adolescente com Câncer) e possuidor de um vasto currículo na área acadêmica. “Por todo seu trabalho, o doutor Waldir faz jus ao título como forma de reconhecimento pela sua excelência no tratamento do câncer, especialmente por ser referência nacional e internacional”, enfatizou.

O agraciado Waldir Veiga Pereira destacou a trajetória da medicina, que hoje consegue curar doenças até então consideradas incuráveis, entre elas, a leucemia. Lembrou que foi estudar no exterior e retornou ao Brasil para aplicar o conhecimento e, então, iniciou trabalho no Hospital Universitário de Santa Maria direcionado ao tratamento de doenças sistêmicas graves. “Nossos protocolos começaram a ser usados e se disseminou pelo Brasil inteiro. Conseguimos, em poucos anos, ter índice de cura semelhante aos países desenvolvidos”, comentou.

Adelar Vargas fez entrega do título de Honra ao Mérito a Vinícius Montardo Rosado (in memoriam), que foi recebido por Ogier Rosado, pai do homenageado.  “A despedida foi cruel com ele e, injusta para todos nós”, comentou o vereador, lembrando que Vinícius faleceu após salvar quatorze pessoas na tragédia da Boate Kiss, na madrugada de 27 de janeiro de 2013.  Destacou o altruísmo do homenageado, que deixou um exemplo de vida a todos. Registrou, ainda, a passagem vitoriosa de Vinicius na prática do rugby. O orador, que trabalhou como coordenador da defesa civil na tragédia da Kiss, afirmou que Vinicius foi um homem honrado até o último momento.

Ogier Rosado disse que não sabia se chorava ou sorria quando recebeu a comunicação de homenagem póstuma porque nenhum pai gostaria de perder o filho. “Eu tenho que agradecer muito especialmente a duas pessoas: uma pequena grande mulher, que gerou um gigante de dois metros e minha filha, uma grande guerreira”, declarou.  Destacou que recebe, com muito orgulho, a homenagem ao filho, que ajudou a salvar a vida de pessoas. “A grande lição que ele deixou que a gente tem que ser um pouco melhor. Não podemos esperar que os outros resolvam os problemas por nós”, ressaltou.

Por fim, o vereador Valdir Oliveira apresentou Valdeci Oliveira, agraciado com o título de Vereador Emérito.  Valdeci, que é deputado estadual, ex-deputado federal, ex-prefeito de Santa Maria, também foi vereador pela primeira vez há trinta anos. “Quero confessar a todos vocês, nesta noite de muita emoção, que eu estava pensando se teria condições de fazer essa fala. Mas eu pensei muito e para falar sobre a história de vida do meu irmão Valdeci é muito mais fácil tirar aquilo que está dentro do meu coração”, afirmou Valdir, que não levou discurso escrito.  Agradeceu à totalidade dos vereadores que se despojaram de qualquer bandeira partidária e reconheceram a trajetória de Valdeci. Lembrou a trajetória do homenageado desde quando moravam em São José da Porterinha até iniciar a vida política, concorrendo a vereador em Santa Maria.

Valdeci Oliveira destacou a alegria e a gratidão pelo fato de a Câmara de Vereadores tê-lo escolhido para receber o título de Vereador Emérito.  Discorreu sobre as dificuldades enfrentadas na primeira campanha a vereador, destacando que o principal material de campanha foi xerox. “Fiz 1.396 votos que, para mim, foi um orgulho. Fui o primeiro operário a chegar na Câmara. Fiquei seis meses sem coragem de ocupar a tribuna”, relatou. Agradeceu a todos que os apoiadores e eleitores que o acompanham há trinta anos.

Após a Sessão Solene, ocorreu o descerramento da fotografia do Vereador Emérito Valdeci Oliveira, na Galeria em frente ao Plenarinho, no 1º andar desta Casa Legislativa.
 
TÍTULOS:
Cidadão Santa-mariense” é conferido à pessoa natural de outro Município que, por sua atuação social, cultural, política, econômica e administrativa, haja prestado relevante serviço ao Município de Santa Maria;
 “Cidadão Benemérito” é conferido à pessoa que, por sua destacada atuação no meio social, cultural, político, haja prestado relevante serviço de interesse público ao Município.
 “Honra ao Mérito” é conferido à pessoa que houver praticado importante ato de renúncia, sacrifício ou solidariedade humana, em caso de calamidade pública ou em situação de perigo de pessoa humana.
“Vereador Emérito” é conferido a ex-vereador que tiver completo, no mínimo, uma Legislatura.
 
Texto: Clarissa Lovatto Barros
Fotos: Mateus Azevedo
Tecnologia do Blogger.