ÚLTIMAS AÇÕES
recent

Confira os locais de vacinação da Febre Amarela em Santa Maria

Cada Unidade de Saúde tem horários específicos de funcionamento da Sala de Vacinas (Foto: João Vilnei)
Medida foi tomada em função de que um frasco da vacina resultada em 10 doses, que precisam ser aplicadas em um período de tempo determinado
    A Prefeitura de Santa Maria definiu que irá centralizar a aplicação da vacina da febre amarela em sete Unidades de Saúde do Município. A medida já está valendo e foi determinada em função de que um frasco da vacina garante até dez doses, que necessitam ser aplicadas em um período de até seis horas. Como muitas unidades não têm uma procura intensa, a Administração Municipal optou pela centralização, para evitar o desperdício do material.
   Assim, a comunidade que necessita da vacina deve procurar as seguintes unidades: Policlínica Central José Erasmo Crossetti e as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) Floriano Rocha, Itararé, Kennedy, Oneyde de Carvalho, Wilson Paulo Noal e Ruben Noal. Os dias e horários de aplicação das doses varim conforme o funcionamento da Sala de Vacinas de cada unidade. Os horários das salas de vacina dos postos podem ser conferidos aqui.
  De acordo com a enfermeira Ana Motta, responsável pelo setor de Imunizações da Prefeitura, as demais Unidades de Saúde, que ainda têm doses da vacina, seguirão realizando as aplicações até que o estoque chegue ao fim. Segundo a enfermeira, o Município recebe, mensalmente, um quantitativo que varia entre duas a três mil doses da vacina.
  Ana Motta destaca que, antigamente, a vacina contra a febre amarela exigia um reforço a cada 10 anos. No entanto, essa medida não é mais válida, sendo que, desde o ano passado, a vacina passou a ser aplicada em apenas uma dose, que protege permanentemente.
  A enfermeira lembra ainda que, em 2009, houve uma vacinação em massa no Município, em função da morte de bugios na região, o que garantiu a imunização de boa parte da comunidade. Assim, a orientação é que as pessoas confiram suas carteiras de vacinação para verificar se já estão, ou não, imunizadas. Caso não tenha o documento, é possível conferir a situação na Unidade de Saúde onde acredita ter se vacinado, já que os postos têm o registro das aplicações. No caso das pessoas que realizaram a imunização em pontos volantes, a referência é a Policlínica Central José Erasmo Crossetti.
  “A comunidade pode ficar tranquila e não precisa entrar em pânico, pois, no Município, não temos casos da doença. Atualmente, a vacina da febre amarela é feita apenas uma vez e protege por toda a vida, não sendo necessária uma nova aplicação”, esclarece Ana Motta.
Texto: Mariana Fontana (Mtb 17.770)
Foto: João Vilnei (Mtb 18.086)
Superintendência de Comunicação
Prefeitura Municipal de Santa Maria

Tecnologia do Blogger.