ÚLTIMAS AÇÕES
recent

Por que não temos em Nossa Cidade instituído o programa de Coleta Seletiva eficiente?


Nossa coleta seletiva é eficiente?

    Desde julho do presente ano, essa pergunta tem sido feita a todos que participam das reuniões da Comissão Especial constituída na Câmara Municipal de Vereadores para tratar sobre o “Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos no Município de Santa Maria”. A presente Comissão é presidida por mim, Vereadora Cida Brizola, junto aos Vereadores Manoel Badke e Celita da Silva.
Vale frisar que a presente Comissão Especial, foi consequência de uma comissão anterior, que tratava dos veículos de tração animal. Contudo, o eixo central do problema ficou evidenciado: o destino dos resíduos sólidos (lixo) em nossa cidade.
    A Politica Nacional de Resíduos Sólidos (Lei Federal 12305/2010), que estabeleceu instrumentos, diretrizes e os planos de gerenciamento de resíduos (nacional, estaduais e municipais), é importantíssima para acabarmos com os lixões nas cidades e promovermos a inclusão de catadores, através de politicas públicas que visam melhor qualidade de vida da população, como a limpeza pública e a conscientização ambiental.
Desde a instalação da presente Comissão Especial, tem ocorrido à participação de diversos técnicos de diferentes áreas de atuação e de Instituições Públicas e Privadas, que procuram responder a pergunta inicial e com isso, trazer colaborações para que possamos evoluir consideravelmente nesse tema.
    São grandes os desafios para que consigamos evoluir neste processo que são a destinação correta dos resíduos. O “lixo” como comumente é conhecido, não é tão somente o lixo domestico, que produzimos em nossas casas, mas também os resíduos de construção civil (restos de construção, reformas como tijolos, concreto...), os resíduos inservíveis (pneus, móveis, maquinas lavar, fogões, geladeiras, computadores velhos...), os resíduos perigosos contaminantes (lâmpadas, pilhas, baterias de carro...) e outros tipos, de acordo com sua classificação e origem, tipo de resíduo, composição química e periculosidade (ABNT NBR 10004/2007).

Mas de quem é a responsabilidade pela coleta e destinação do lixo gerado?

   De maneira geral, os municípios são responsáveis pela coleta e destinação dos resíduos domiciliares, comerciais e públicos. Por isso, é importante sabermos como Santa Maria tem tratado esse tema, visto que são constantes as reclamações e descontentamento da população na prestação de serviços, onde comumente são encontrados “lixões a céu aberto” nas margens de nossas sangas e arroios, em terrenos baldios, as margens de estradas vicinais, ou seja, não damos o destino correto do lixo por nós gerado, prejudicando seriamente a natureza.
E o que fizemos para melhorar/colaborar com o meio ambiente?
   Não poderíamos ao menos separar o nosso lixo em casa, separando o lixo orgânico (restos de comida, cascas de frutas, papel higiênico, fraldas descartáveis, tocos de cigarro) do lixo seco (papeis em geral, caixas de leite, pets de refrigerantes, plásticos, vidros, metais), colaborando com o meio ambiente e também com as Associações de Recicladores?

Temos em nossa cidade associações de recicladores que atravessam grande dificuldade por não haver materiais para realização de seu trabalho e sustento, por não haver materiais recicláveis (lixo seco) para que possam destinar ou reaproveitam adequadamente e assim manterem-se para o ganha pão de sua família, prestando-nos um serviço nobre e de extrema importância social, econômica e ambiental.

Podemos começar a mudar esse quadro atual com a colaboração de todos. É da responsabilidade de todos nós que tenhamos uma cidade melhor para vivermos.
  
  Não importa se a coleta onde você mora é comum (única). Os resíduos por você separado (em sacos, sacolas) não será mais “comum”, porque permitirá que não “se misture” no transporte, permitindo que no destino final seja reaproveitado por pessoas que lá trabalham, tirando seu sustento familiar.

Que tal iniciarmos com a separação do lixo em nossa casa?

Vereadora Drª Cida Brizola
Presidente da Comissão especial para tratar sobre os resíduos sólidos em Santa Maria


Tecnologia do Blogger.